• Home
  • Regional Campinas
  • Para burlar liminar, gerência da Replan “hiberna” HDT e prejudica trabalhadores

Para burlar liminar, gerência da Replan “hiberna” HDT e prejudica trabalhadores

Os trabalhadores da Replan foram surpreendidos na quinta-feira com o anúncio de que o setor de HDT seria “hibernado” por causa da liminar obtida pelo Sindicato, que obriga a empresa a manter o número do efetivo.
Em vez de abrir processo de contratação ou fazer uma reestruturação inteligente, a gerência parte para o confronto com os trabalhadores e, como forma de retaliação pelo vitorioso movimento de 30 de junho, põe o HDT na geladeira, transfere trabalhadores.
Segundo a gerência, devido à não aprovação do O&M as unidades U-241, U-283 e U-3241 serão paradas e hibernadas para remanejamento de operadores. À boca pequena, os chefetes tentam jogar a culpa dessa ação no Sindicato, por sua ação em defesa do emprego dos trabalhadores.
Não está descartada a possibilidade dessa “hibernação” ocorrer em outras unidades.
A Replan tentou, também, derrubar a liminar obtida pelo Sindicato, mas ela continua valendo. O Jurídico do Unificado irá acionar novamente a Justiça pois entende que a atitude da Replan configura descumprimento da liminar.

Ataque nacional
Segundo o que pode ser apurado, parece que essa será uma estratégia em nível nacional da Petrobrás. Na Reduc, por conta da liminar, a unidade geradora de hidrogênio também foi hibernada para transferência de operadores.
Para o coordenador da Regional Campinas, Gustavo Marsaioli, essa situação é inaceitável e será combatida com luta. “A empresa sinaliza que vai recrudescer no diálogo, mas vamos manter nossa mobilização, denunciar a empresa para a Justiça e usar nossa capacidade de luta e negociação para não permitir que isso ocorra e prejudique os trabalhadores”.