Edisp/coworking: Cipa quer mapa de riscos

Novo espaço dos trabalhadores do Edisp

A Petrobrás concluiu a mudança do Edisp Paulista para o novo espaço de coworking, localizado na Rua Augusta, e demonstrou neste processo que as tais Regras de Ouro, principalmente a de Atenção às Mudanças, não são tão preciosas assim comparadas aos caprichos e vontades do presidente, mesmo que gerem riscos à saúde da sua força de trabalho.

O diretor do Unificado, Tiago Franco, considera que “apesar de possuir algumas soluções interessantes no que se refere a utilização de copa e elementos de descompressão, como fliperamas e puffs, a mudança foi feita sem um plano de gestão de mudanças, sem inspeção prévia da obra”, o que fez com que em alguns casos a força de trabalho fosse exposta a riscos por terem de trabalhar em ambientes que estavam em obras ou recém pintados, com sinalização insuficiente, pregos soltos, materiais inadequados, entre outros desvios.

Os representantes sindicais e da Cipa pontuaram de antemão preocupações com acessibilidade das PNEs, que foram atendidas a contento, agora a Cipa do Edisp está elaborando o Mapa de Riscos e pede que a força de trabalho. Contribua com suas percepções sobre qualidade das instalações, riscos ergonômicos por conta da padronização das mesas, poluição sonora e outras que acharem necessárias, procurando o representante eleito na CIPA Felipe Machado, o diretor Tiago Franco ou mandando e-mail para a chave CISP.