• Home
  • Daesp
  • AMS Aposentados e pensionistas devem fazer o recadastramento até 20 de maio

AMS Aposentados e pensionistas devem fazer o recadastramento até 20 de maio

A Petrobrás está atualizando os dados cadastrais dos aposentados e pensionistas beneficiários da AMS. O recadastramento é obrigatório ao titular e seus dependentes inscritos e deve ser realizado até o dia 20 de maio.
O recadastramento só pode ser feito pela internet, através do Botão Compartilhado, no Serviço “Recadastramento Aposentados e Pensionistas”. O beneficiário deverá acessar o link: servicoscompartilhados.petrobras.com.br

Estão isentos desse processo de recadastramento somente aqueles que já atualizaram os dados cadastrais em uma das fases anteriores (Plano K ou Empregados Ativos), em função da mudança de vínculo ou forma de pagamento.

A AMS informou que está encaminhando uma correspondência ao público alvo dessa campanha, com as orientações necessárias. A carta enviada e o passo a passo, com as principais dúvidas, estão disponíveis no portal da AMS (ams.petrobras.com.br/portal/ams/home/pagina-principal.htm)

Mais informações também podem ser obtidas por meio do Call Center, pelo telefone 0800 287 2267, opção 5.

 

 

 

Quais os dados que serão validados?

Serão validadas as informações abaixo, do titular e seus dependentes:

– Nome completo do titular;

– Nome completo da Mãe;

– Sexo;

– Data de Nascimento;

– Estado Civil;

– CPF;

– Grau de Parentesco (para os dependentes);

– Endereço Completo.

 

  1. 5. Como os beneficiários com União Estável deverão preencher o formulário?

Deverão selecionar uma das opções abaixo de acordo com o estado civil atual:

– Solteiro (Certidão de Nascimento);

– Casado (certidão de casamento);

– Viúvo (certidão de casamento averbada com óbito ou acompanhada de cópia de

certidão de óbito);

– Divorciado (certidão de casamento com averbação de divórcio);

– Separado judicialmente (certidão de casamento com averbação de separação).

Os beneficiários com União Estável já cadastrada anteriormente, deverão alterar o Estado Civil do titular e do (a) dependente companheiro (a) para uma das opções acima.

No Grau de Parentesco do dependente deverão manter a informação de “Cônjuge / Esposa (o) /Ex-Companheira (o)”.

 

  1. Por que não posso colocar a União Estável como Estado Civil?

o Porque A União Estável não altera o estado civil, conforme art. 226 da Constituição Federal.

Apenas é reconhecida para efeito da proteção do Estado.

  1. O fato de alterar o Estado civil, alterará a elegibilidade do meu dependente?

o Não, desde de que ele atenda os critérios de elegibilidade da época em que foi inscrito.

  1. Como faço se algum dos meus dependentes não estiver no formulário do Recadastramento?

o Nesse caso o (a) senhor (a) deve fazer o recadastramento dos dependentes com validade e entrar

em contato com o Call Center 0800 287 2267, opção 1 para solicitar informações. O (a) também

poderá abrir uma manifestação pelo Fale Conosco solicitando informações.

  1. Posso solicitar a exclusão de um dependente no Recadastramento?

o Sim. Porém, a exclusão somente ocorrerá ao final do Recadastramento de Aposentados. Caso

queira poderá abrir um Botão Compartilhado utilizando o serviço “Exclusão Beneficiários –

AMS” e a exclusão será realizada em até 24 horas úteis.

  1. Posso solicitar a inclusão de um dependente no Recadastramento?

o Não. A inclusão de novos dependentes deverá ser solicitada abrindo um Botão Compartilhado no

serviço “Inclusão Beneficiários – AMS”.

  1. A partir de que idade é obrigatória a informação de CPF?

o O CPF é obrigatório para maiores de 18 anos. Porém é desejável para maiores de 8 anos para

atendimento ao E-Social e Receita Federal.

  1. Quais os documentos aceitos como comprovante de endereço?

o Qualquer correspondência em nome do beneficiário. Ex.: conta de água, luz, telefone, cartão de

crédito, IPTU.

  1. Preciso comprovar o endereço dos meus dependentes, menores de idade ou com o mesmo

endereço?

o Sim, será necessário a comprovação, pois esse campo faz parte dos dados validados. Caso o

endereço do dependente seja o mesmo do titular poderá ser enviado um comprovante em nome

do titular.

  1. Como posso saber se meu recadastramento foi validado?

o O (a) Sr. (a) receberá um e-mail em até 30 dias informando o status do seu processo.

  1. Qual o prazo para saber se meu recadastramento foi validado?

o 30 dias.

  1. Como saberei se houve pendencias no meu recadastramento?

o O (a) Sr. (a) receberá um e-mail informando a sua pendência. A pendência deverá ser reenviada

pelo Botão Compartilhado em até 10 dias corridos, caso contrário o protocolo será cancelado. No

caso de cancelamento do protocolo, deverá ser aberta uma nova solicitação de recadastramento.